Pedro Nuno Santos

1972, Santa Maria de Lamas, Santa Maria da Feira.

Licenciado em Relações Públicas Internacionais (ISPAB); Pós-Graduação em Gestão de Projetos e Organizações Culturais (PIAGET); Pós-Graduação em Ciências da Comunicação – Cultura e Património (FLUP), estando a terminar a dissertação de Mestrado na mesma área, abordando a temática das políticas culturais de âmbito local.
É Técnico Superior no Município de Santa Maria da Feira, desde 1999, onde tem desenvolvido e implementado diversos projetos de apoio aos agentes culturais e associativos. Desde 2018 tem assumido as funções de Gestor de Programação Cultural do Município, nos projetos de descentralização da cultura e programação em espaço público, bem como no IMAGINARIUS – Festival Internacional de Teatro de Rua e no CTAL – Cineteatro António Lamoso.
A par disso coordena candidaturas de financiamento às artes da DGArttes/MC, Europa Criativa e outros. Tem sob a sua responsabilidade a aplicação do PAC – Programa de Apoio à Cultura – Município de Santa Maria da Feira, que visa apoiar os agentes culturais de Santa Maria da Feira, a nível da criação artística local, da programação e das parcerias culturais nacionais e internacionais.
No exercício das suas funções esteve como Diretor de Produção em diversos projetos do Município, nomeadamente o IMAGINARIUS, a Viagem Medieval em Terras de Santa Maria e o Artes em Itinerância.
É Dirigente Associativo do CiRAC – Círculo de Recreio, Arte e Cultura de Paços de Brandão e Membro da Comissão Organizadora do Festival Internacional de Música de Verão de Paços de Brandão, organizado desde 1977, por aquela associação.

É formador do Curso Profissional de Produção Cultural.

TWITTER

Produção Cultural? É no IPCI! 👊
💥 O curso mais procurado do ano encerra as incrições antes do previsto por esgotar todas as vagas disponíveis.
Vê os cursos de Produção Cultural que estão prestes a começar 👇

Carregue mais
YOUTUBE
FACEBOOK
TIKTOK
TEXTOS LEGAIS
Junta-te a Nós
Newsletter